MATER DEI

MATER DEI

quarta-feira, dezembro 27, 2006

Rezem o santo rosário


Como pediu Nossa Senhora
(ver : mensagens de Lourdes, abaixo)



O santo rosario: mais poderoso que a bomba atômica

Testemunho do Padre Schiffer S.J. - sobrevivente de Hiroshima.

Milagre do Rosário em Hiroshima: de 6 de agosto de 1945
Durante a segunda guerra mundial, duas cidades foram destruídas por bombas atômicas: Hiroshima e Nagasaki.
Às 2:45 de 6 de Agosto de 1945, o bombardeio B-29 decolou da cidade de Tiniam para lançar a primeira bomba atômica sobre o Japão.
Às 8:15 a.m. a bomba explodiu a oito quarteirões da Igreja Jesuíta de Nossa Senhora da Assunção em Hiroshima.
Meio milhão de pessoas foram aniquiladas. Contudo, a Igreja e os padres jesuítas, que lá estavam, sobreviveram.

Em Nagasaki como resultado da explosão, todas as casas num raio de aproximadamente 2,5 km do epicentro foram destruídas. Quem estava dentro das casas ficaram soterrados nas ruínas. Os que estavam fora foram queimados.
Em meio àquela tragedia, uma pequena comunidade de padres Jesuítas vivia junto a Igreja paroquial a somente oito quadras (aproximadamente 1 km) do epicentro da bomba. Eram missionários alemães servindo ao povo japonês. Como os alemães eram aliados dos japoneses, haviam obtido permissão para ficar.
A Igreja junto a casa dos jesuítas foi destruída, mas sua residência permaneceu de pé e os membros da pequena comunidade jesuíta sobreviveram.
Não foram afetados (nem mesmo posteriormente) pela radiação, não tiveram perda de audição, nem nenhuma outra enfermidade ou efeito.

O padre Hubert Schiffer foi um dos jesuítas em Hiroshima. Tinha 30 anos quando explodiu a bomba e viveu outros 33 anos em perfeita saúde. Ele narrou suas experiências em Hiroshima durante o Congresso Eucarístico que se realizou na Flórida (EUA) em 1976. Assim como ele, os oito membros da comunidade jesuíta estavam vivos.
O padre Schiffer foi examinado e interrogado por mais de 200 cientistas que foram incapazes de explicar como ele e seus companheiros haviam sobrevivido. Ele atribuiu o fenômeno à proteçao da Virgem Maria e disse: "Eu estava em meio à explosão atômica... e hoje aqui estou, vivo e salvo. Não fui atingido por sua destruição"

Na outra cidade devastada pela bomba atômica, Nagasaki, São Maximiliano Kolbe havia estabelecido um convento franciscano que também permaneceu intacto, os irmãos protegidos graças à intervenção da Virgem. De acordo com especialistas, eles "deviam estar mortos" já que estavam no raio de uma milha da explosão. Nove dias depois em 15 de Agosto, festa de Nossa Senhora da Assunção, as forças americanas cessaram fogo.
Ali eles também rezavam diariamente o Santo Rosário.

Fr. Schiffer de Hiroshima (de Fr. Paul Ruge, O.F.M.I )

domingo, novembro 26, 2006

Mãe





"Eu nunca aconselho nada a ninguém sem antes recomendar-me à Virgem Santíssima. Ela é que faz que as palavras que digo tenham eficácia nos que as ouvem."


"Sabe-se muito bem que a Santíssima Virgem é a Rainha do Céu e da Terra, porém é muito mais Mãe que Rainha".

Santa Teresinha do Menino Jesus "a flor de Lisieux"


Cidade do Vaticano, 19 de outubro de 1997
O Papa João Paulo II elevou, hoje, Santa Teresa do Menino Jesus e da Santa Face a doutora da Igreja. Isso significa que os escritos que deixou passam a ter status de doutrina. Santa Teresa, que morreu de tuberculose em 1897, aos 24 anos, e passou toda a sua juventude no convento das Carmelitas em Lisieux, na França, é o 34º nome da lista dos santos que se tornaram doutores da Igreja, e a terceira mulher a ser elevada a esta posição.

quinta-feira, novembro 09, 2006

Vigiai




"Quando vier o Filho do Homem, acaso achará fé sobre a terra?" (Lc.18,8)

"Porque virá o tempo em que os homens já não suportarão a sã doutrina da salvação. Levados pelas suas próprias paixões e pelo prurido de escutar novidades, ajustarão mestres para si. Apartarão os ouvidos da verdade e se atirarão às fábulas".(2Tim. 4,3-4)

"surgirão falsos cristos e falsos profetas, que farão milagres, a ponto de seduzir, se isto fosse possível, até mesmo os escolhidos"
(Mt 24,24; Mc 13,22).

quinta-feira, outubro 19, 2006

Magnificat


Magnificat anima mea Dominum,
A minha alma glorifica o Senhor
Et exultavit spiritus meus in Deo, salutari meo.
E o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador.
Quia respexit humilitatem ancillae suae,
Porque pôs os olhos na humildade da sua Serva:
Ecce enim ex hoc beatam me dicent omnes generationes.
De hoje em diante me chamarão bem aventurada todas as gerações.
Quia fecit mihi magna, qui potens est,
O Todo-Poderoso fez em mim maravilhas:
Et sanctum nomen eius.
Santo é o seu nome.
Et misericordia eius a progenies in progenies timentibus eum.
A sua misericórdia se estende de geração em geração sobre aqueles que o temem.
Fecit potentiam in brachio suo.
Manifestou o poder do seu braço
Dispersit superbos mente cordis sui.
E dispersou os soberbos.
Deposuit potentes de sede, et exaltavit humiles.
Derrubou os poderosos de seus tronos e exaltou os humildes.
Esurientes implevit bonis, et divites dimisit inanes.
Aos famintos encheu de bens e aos ricos despediu de mãos vazias.
Suscepit Israel, puerum suum, suaerecordatus misericordiae .
Acolheu a Israel, seu servo,
Sicut locutus est ad patres nostros, Abraham et semini eius in saecula.
Lembrado da sua misericórdia como tinha prometido a nossos pais,
A Abraão e à sua descendência para sempre

Gloria Patri, et Filio, et Spiritui Sancto
Glória ao Pai, ao Filho, e ao Espírito Santo.
Amen

sábado, setembro 30, 2006

Santo Agostinho



"Tarde te amei, ó beleza tão antiga e tão nova, tarde te amei! Eis que estavas dentro e eu fora. Estavas comigo e não eu contigo. Exalaste perfume e respirei. Agora anelo por ti. Provei-te, e tenho fome e sede. Tocaste-me e ardi por tua paz."

domingo, maio 07, 2006

Mensagens



A Mensagem que a Santíssima Virgem deu em Lourdes, pode ser resumida nos seguintes pontos:

1.- É um agradecimento do céu pela definição do dogma da Imaculada Conceição, que tinha sido declarado quatro anos antes por Pio IX (1854), ao mesmo tempo que assim apresenta Ela mesma como Mãe e modelo de pureza para o mundo que está necessitado desta virtude.

2.- Derramou inumeráveis graças físicas e espirituais, para que nos convertamos a Cristo em sua Igreja.

3.- É uma exaltação às virtudes da pobreza e humildade aceitas cristanamente, ao escolher a Bernadete como instrumento de sua mensagem.

4.- Uma mensagem importantíssima em Lourdes é o da Cruz. A Santíssima Virgem repete que o importante é ser feliz na outra vida, embora para isso seja preciso aceitar a cruz. "Eu também te prometo fazer-te ditosa, não neste mundo, mas no outro"

5.- Em todas as aparições veio com seu Rosário: A importância de rezá-lo.

6.- Importância da oraçao, da penitência e humildade (beijando o solo como sinal disso); também, uma mensagem de misericórdia infinita para os pecadores e do cuidado com os doentes.

7.- Importância da conversão e a confiança em Deus.

Nossa Senhora de Lourdes, rogai por nós !

domingo, março 26, 2006

Obras de Deus

Na aparição do dia 1º de março, havia cerca de 1500 pessoas. Era uma multidão formada por todas as classes sociais. Nesse mesmo dia, aconteceu o primeiro dos sete milagres escolhidos pelo Bispo e considerado realmente como "Obra de Deus".

Em outubro de 1856, Catarina Latapié, ao subir em um carvalho, a fim de tirar alimentos para os porcos, sofreu uma queda que lhe deixou o braço deslocado e os dois dedos da mão direita dobrados e paralisados. O médico só conseguiu consertar o seu braço. Os seus dedos continuaram dobrados e paralisados. Com isso, ela ficou impedida de trabalhar, pois não conseguia mais tricotar e nem fiar.

Na noite do dia 28 de fevereiro de 1858, Catarina Latapié, dirigiu-se a pé para Lourdes, distante 7 quilômetros de sua casa, apesar da gravidez de 9 meses e de levar consigo seus dois filhos mais novos. Catarina Latapié presenciou a aparição do dia 1º de março e fez fervorosas preces a Deus, pela intercessão de Nossa Senhora, pedindo a sua cura. Terminada a aparição, foi até o fundo da gruta e mergulhou a mão na Fonte da Água Milagrosa. Um estremecimento acompanhado de uma grande suavidade invadiu todo o seu ser e, de repente, sentiu que seus dedos estavam se movendo novamente! Vibrou de alegria e chorou de satisfação. Muito emocionada, começou a agradecer pela graça alcançada, quando, subitamente, teve uma violenta dor, como prenúncio do nascimento do próximo filho. Então, ligeiramente, ajoelhou-se com as mãos postas e suplicou: -"Virgem Santa, Vós que acabais de me curar, deixai-me chegar em casa!". Levantou-se, segurou as mãos de seus dois filhos e voltou para casa em Loubajac. Logo que chegou, mal teve tempo de chamar a parteira, deu à luz um sadio garoto. Ele recebeu o nome de João Batista e, mais tarde, tornou-se um sacerdote.

Na manhã do dia 25 de Março de 1858, Bernadete sentiu-se novamente "pressionada" para ir à gruta. Às 5 horas da manhã já pôs-se a caminho. Depois de rezar o terço, caminhou em direção à aparição e conversaram:
- "Mademoiselle, quer ter a bondade de me dizer quem és, se faz o favor ?
"Aqueró" sorriu, não respondeu.Ela insiste na solicitação, a segunda e a terceira vez, obtendo como respostas um sorriso carinhoso e modesto da visão. Mas Bernadete precisava levar essa notícia ao Senhor Abade, porque caso contrário, ele não construiria a capela. Por isso, insistiu uma quarta vez suplicando que Ela dissesse o seu nome.Desta vez a aparição não sorriu mais, ficou séria. As mãos que estavam unidas afastaram-se estendendo sobre a terra e depois novamente juntas à altura do peito, levantou os olhos ao Céu em sinal de profunda humildade e obediência a Deus e disse:

- "EU SOU A IMACULADA CONCEIÇÃO".

Dito isto, desapareceu.Bernadete para não se esquecer das palavras, repetiu-as várias vezes em seguida, tropeçando nas letras que mal sabia pronunciar. Correu para a casa do Senhor Abade Peyramale. Lá chegando, antes mesmo de cumprimentá-lo, gritou:- " Que soy era Immaculada Councepciou" (no seu dialeto patois de Lourdes) .

"Eu sou a Imaculada Conceição".

O Abade ficou perplexo. Não sabia se sorria ou ocultava o seu júbilo, procurando num último esforço, certificar-se do óbvio:
- "Pequena orgulhosa, tu és a Imaculada Conceição"!
- "Não, não, não eu". Peyramale sente que está diante de uma grande revelação:
"A Virgem é concebida sem pecado".
Apesar de ter sido decretado em 8 de dezembro de 1854 , o Dogma da Imaculada Conceição de Maria não era aceito por todos os católicos, principalmente por alguns teólogos que não aceitavam que Maria Santíssima fosse preservada do Pecado Original, mesmo considerando a sua condição especial de Mãe do Redentor.
Por esse motivo o abade explodia intimamente de satisfação e se preocupava em saber da realidade :- "Uma Senhora não pode usar esse nome! Tu te enganaste; sabes o que isso quer dizer"? Maria Bernarda diz que não, abanando a cabeça. - "Então como podes dizê-lo, se não compreendes o que é"? - "Repeti todo o caminho". No silêncio que se seguiu, Peyramale ficou pensativo com um suave sorriso nos lábios.
Bernadete interrompe o silêncio e diz: - "Ela sempre quer a Capela"... 0 Abade, no íntimo, deve ter respondido que não só uma Capela, mas uma monumental Basílica. Era Ela, a Mãe de Deus, a Nossa Querida Mãe que veio com o objetivo de revelar um grande mistério divino e pedir penitência ao mundo, para que todos rezassem pela conversão dos pecadores e tivessem uma conduta responsável e digna. Peyramale estava emocionado.Os dias passaram e o clero com muita alegria e vibração comemorou a revelação do grande mistério.